Charles Darwin. Notas de Viagem. A tessitura social, pensamento naturalista

Charles Darwin. Notas de Viagem. A tessitura social, pensamento naturalista
Autor: Anna Carolina Regner
Formato: Brochura
Disponibilidade: Em Estoque
ISBN:
Preço: R$ 15,00
Qtd:     - OU -   Lista de Desejos
Comparar

A presente tradução de passagens da obra de Darwin tem por objetivo trazer elementos baseados no início da trajetória da elucidação voltado à origem das espécies. Na viagem que Darwin fez de 1831 a 1836 a bordo do navio Beagle foi o evento mais importante de sua vida e determinante de toda a sua carreira. A leitura do relato desta viagem, quer na forma original, de seu diário de bordo, quer nas versões que dele publicou, revela o interesse de Darwin por questões da vida social e a influência destas questões sobre a visão de natureza e de seleção natural que aparecerão na sua obra mestra e nos seus ensaios não publicados de 1842 a 1844.

Decidido a expor ao leitor em geral uma história de viagem e um sketch daquelas observações em História Natural e Geologia que poderiam interessa-lo. A realização dessa seleção obedecerá a duas ordens de tratamento da influência que a preocupação social teve sobre a base do pensamento darwiniano. No item Elementos teóricos básicos estão reunidas passagens em que, ao descrever ou tecer alguma sorte de consideração sobre condições da vida social, deixa refletir elementos centrais à elaboração do princípio de seleção natural e à ideia da natureza que serve de fundo sob as cores da luta pela existência, ainda que, na forma madura de sua exposição, a roupagem nitidamente social apareça camuflada.

No segundo item estão reunidas as contribuições específicas do naturalista, essas passagens que exemplificam, quer pelas próprias descrições, quer pela sua modelagem ou pelos posicionamentos nelas expressos, a variada gama de fenômenos sociais que ocuparam a atenção do naturalista e que, além de seu modo os elementos teóricos básicos que serão apontados.

Est Editora © 2019