Cinquantenario della Colonizzazione Italiana nel Rio Grande del Sud: 1875 - 1925 - 2 volumes

Cinquantenario della Colonizzazione Italiana nel Rio Grande del Sud: 1875 - 1925 - 2 volumes
Cinquantenario della Colonizzazione Italiana nel Rio Grande del Sud: 1875 - 1925 - 2 volumes
Formato: Brochura
Disponibilidade: Em Estoque
ISBN:
Preço: R$ 130,00 R$ 118,00
Qtd:     - OU -   Lista de Desejos
Comparar

Álbum fac-símile em dois volumes sendo que o I descreve a cooperação dos Italianos ao progresso civil e econômico do Rio Grande do Sul e no volume II, os municípios do Estado, as Indústrias e os Comércios dos Italianos e dos seus descendentes. É o primeiro grande registro de organização social, política, religiosa, educacional, artesanal, industrial, comercial, e econômica do italiano no RS. Ele retrata a maneira como um segmento da imigração italiana no Estado organizou-se nos diferentes setores de ação e atividades.

Representa uma forma de materialização da utopia imigrantista centrada no artesanato, na indústria, no comércio, na educação, na política e na religião. Nestes registros, sem dúvida, é dos que foram sucedidos economicamente em quantidade e qualidade de recursos. Dos que não vieram diretamente para a agricultura, bem como os poucos que, então, a partir da agricultura ascenderam economicamente de maneira singular. Enquanto uns avançaram construindo empresas, outros se envolveram construindo sua utopia de fazer a América, construindo as próprias moradias, abrindo estradas, fazendo roçadas, associando-se para construção de capitéis, cemitérios, capelas e escolas.

No primeiro volume versa sobre: Os italianos e a República Piratini; A vida espiritual nas colônias italianas do RS em Caxias do Sul, Nova Trento, Ana Rech, São  Marcos de Caxias, Nova Pádua, Nova Vicenza, Nova Milano, Garibaldi, Bento Gonçalves, Monte Belo, Faria Lemos, Santa Teresa, Nova Pompéia, Antonio Prado, Nova Roma, Veranópolis, Nova Prata (Capoeiras), Nova Bassano, Monte Vêneto, Bela Vista, Vista Alegre, Turvo, Sananduva, Guaporé, Casca, Encantado, Mussum, Dois Lajeados, Anta Gorda, Putinga, Nova Bréscia, Gramado, Bela Vistsa do Rio Fão, Marquês do Herval, Silveira Martins, Vale Vêneto, Nova Palma, Nova Treviso, Arroio Grande, Jaguary, Itapuca, Marau, Erechim entre outras. A relação e contribuições dos sacerdotes que antecederam a imigração italiana bem como os que ajudaram no desenvolvimento e progresso pós 1875. Aborda também a contribuição do colono italiano no desenvolvimento da Indústria rio-grandense com inúmeras e belas fotos de associações existentes nas colônias, pioneiros italianos, construções de casas antigas, prédios antigos, primeiros professores, bandas musicais, conselhos administrativos, presidentes de clubes de futebol, entre muitas outras.

Já no volume II é abordado os munícipios do RS e as Indústrias e o Comércio dos Imigrantes italianos e dos seus descendentes contando a história e o desenvolvimento das fábricas dos empresários: Vinhos Salton,  Luigi Veronese, Renato Gallò, Adelino Sassi, Abramo Eberle, Aristide Germani, Antonio Pieruccini, Michielon e Menegasssi,  Irmãos De Carli & Paganelli, Matteo Gianella & Viero, Termignoni,  Evaristo De Antoni, Giovanni Paternoster, Dal Bó e Giacomet, Dino Cia, Oliva e Gavioli, Ettore Pezzi, Attilio e Settimo Andreazza, Andreazza e Bragagnolo, Angelo Dalle Molle, Panceri, Guido D’Andrea e Vitali, Giovanni Leonardelli, Giuseppe Costamilan, Galleano e Zuardi,  Mosele, Eberle e Ghilardi, Benvenuto Ronca, Michele Muratore, Giovanni Andreazza, Salvatore Salatino, Giuseppe Festugato,  Irmãos Travi, Carlo Leonardelli, Ambrogio Bonalume, Conte e Rosito,  Giovanni Menegotto, Raimondo Magnabosco,  Enrico Cia, Pietro Ballardin, Angelo Rech, Giovanni Ruaro, Giulio e Pietro Bergamo, Angelo Antonello, Giovanni Farinon e Augusto Bartelle, Giuseppe Generosi, Alessandro Bartelle, Luigi Ornaghi, Angelo Milani e Romano Simonetto, Eugenio Dal Molin, Luigi Allegretti, Giuseppe Enriconi e Vittorio Beltrami, Lorenzo e Orazio Monaco, Ernesto Lorenzoni, Pietro Signor, Giuseppe Mandelli, Giuseppe Farina, Ferruccio e Geraldo Fasolo, Antonio Dalla Colletta, Andrea, Giovanni e Riodante Cogo, Augusto e Paolo Pasquali, Carlo Manfredini, Amedeo Arioli, Guglielmo e Reinaldo Fontanari, Antonio Michelon, Federico e Mansueto Basso, Luiz Marangoni, Corrado e Alindo D’Arrigo, Camillo Pasquetti, Pietro Maragno, Saul Basso, Egidio Morassutti, Egidio Dalla Colletta, Adolfo Brun, Oreste Franzoni, Theodorico e Mario Brun, Antonio Manzoni, Irmãos Perico, Nicola Maineri, Vincenzo Lovera e Isidoro Menegat, Andrea Troglio, Luiz Morandi, Ernesto Rubbo e Ettore Pezzi, Angelo Venzon, Antonio Dal Molin, Luigi Busetti, Amadeo Stringhini, Caetano Moschini, Carlo Giordani, Feliciano Valduga, José Franceschini, Virgilio Franceschin, Ermelindo e Amedeo Piccinini, Ferdinando Ferronato, Luiz Dall’Oglio, Giovanni Simon, Dante Toniazzi, Antonio Paganelli, Giulio Motti, Agostino Mazzini, Angelo Paganelli, Ambrogio Toniazzi, Luigi Zoppas, Battista Mottin,  Davide Sartori, Vincenzo Faraon, Arduino D’Arrigo, Vincenzo Cenfra, Giovanni Battista Giacomazzi, Salvatore Bordini, José Fabbrin, Emilio Tedesco, Giovanni Pietro e Giuseppe Raimondo Carlotto, Francesco D’Arrigo, Luigi Somensi,  Giulio Del Prete, Vittorio Dal Pai, Giovanni Antoniolli, Teolindo Valduga, Fiorinda Dalla Coletta, Marcello Giordani, Alfredo Casarin, Vittorio Faé, Luigi Busatto, Guglielmo Giordani e muitos outros.

 

Ano: 2000

Edição: 2ª

Editora: Posenato Arte & Cultura

Idioma: Italiano

Páginas: 950

Papel: Ofício

Est Editora © 2017