Colônia Santa Maria da Soledade. A família Martinazzo

Colônia Santa Maria da Soledade. A família Martinazzo
Autor: Ivo Martinazzo
Formato: Brochura
Disponibilidade: Em Estoque
ISBN:
Preço: R$ 24,00
Qtd:     - OU -   Lista de Desejos
Comparar

O fenômeno da emigração nos países da Europa meridional, principalmente no século XIX, é bastante conhecido, primeiro em direção aos países do Norte, depois a terras transoceânicas. Motivos gerais: superpopulação e condições econômicas adversas. Na Itália, seus excedentes populacionais encontravam a via da emigração como uma solução, tanto para os interesses pessoais como para a Nação. As reformas profundas decorrentes da Unificação em 1870, envolvendo aspectos políticos, econômicos, sociais e religiosos, foi estímulo muito forte para o expurgo dos excedentes e para a evasão dos descontentes.

A emigração para terras distantes aconteceu, então, em larga medida. A par do sofrimento pela ruptura cultural e abandono da pátria, o desafio de começar nova vida, era consciente e determinado. Nem os emigrantes pensavam em retornar, nem o Governo cogitava em recebê-los de volta. Mas, não se rompem dessa forma as coisas profundas da natureza, que não faz saltos. Passadas quatro gerações, no período de 100 anos, superadas as angústias primitivas dos emigrantes, e vencidas as dificuldades políticas e econômicas do país de origem, instaura-se de um lado a nostalgia dos descendentes de sangue italiano para com a pátria ancestral, e de outro lado, o orgulho da Itália de hoje pelos seus filhos bem sucedidos em terras distantes.

Dentro desse espírito e contexto, a história da família Martinazzo, originária do Piemonte, emigrante para a França e Argélia, e finalmente para o Brasil – RS oferece tema de registro, entre tantas outras, perfazendo um universo de interesses tanto de estudiosos da imigração italiana no Sul brasileiro, quanto de organizações da Itália, atentas ao significado e às consequências culturais da italianidade no mundo.

Ano: 1992

Edição: 1ª

Editora: EST Edições

Idioma: Português

Páginas: 116

Papel: Ofício

Est Editora © 2019