Conflitos Agrários no Norte Gaúcho 1960-1980

Conflitos Agrários no Norte Gaúcho 1960-1980
Autor: João Carlos Tedesco
Formato: Brochura
Disponibilidade: Em Estoque
ISBN: 9788575171967
Preço: R$ 30,00
Qtd:     - OU -   Lista de Desejos
Comparar

Esta é um estudo sobre os conflitos agrários envolvendo colonos, índios, latifundiários, esfera pública estadual e federal e entidades mediadoras no norte gaúcho que foram e continuam sendo inúmeros, dinâmicos e complexos em suas múltiplas correlações. Por mais de meio século, movimentos e lutas sociais se reproduzem, tendo, em geral, o mesmo pano de fundo: a propriedade da terra e suas contradições na sociedade capitalista.

A Fazenda Sarandi, latifúndio histórico e paradigmático, em especial e as reservas indígenas situadas na região em estudo, em particular, desde as primeiras décadas do século XX, constituíram-se em palcos de conflitos, verdadeiros corredores de peregrinação de camponeses, indígenas, migrantes em busca e em defesa da propriedade da terra, de pecuaristas, comerciantes e granjeiros ávidos pela apropriação e efetivação da renda capitalista da mesma. No interior dos mesmos, desenvolveram-se grandes e pioneiros conflitos, organizados e mediados, em torno do problema agrário brasileiro e, em especial, em solo gaúcho.

O presente estudo busca mapear e refletir em torno desse processo a partir de uma temporalidade definida (1960-80) localizando atores, mediadores, políticas e políticos, estratégias de ambos, vitórias, derrotas e desmembramentos que, atualmente, ainda estão presentes. Os autores partiram da ideia de que a forma como foi estruturada a propriedade da terra no Brasil e seus modelos correlatos de desenvolvimento e produção agrícola produziram contradições sociais que, em conjunturas de oportunidades políticas, fazem aparecer suas contradições através de movimentos sociais, aflorando e mobilizando atores sociais marginalizados (índios e pequenos camponeses, às vezes, lutando entre si) das estâncias e instâncias agropastoris e latifundiárias bem como da esfera pública.

Ano: 2007

Edição: 1ª

Editora: EST Edições

Idioma: Português

Páginas: 160

Papel: Ofício

Est Editora © 2019