Criança e o Positivismo

Criança e o Positivismo
Autor: Aidê Campello Dill
Formato: Brochura
Disponibilidade: Em Estoque
ISBN: 9788575171110
Preço: R$ 20,00
Qtd:     - OU -   Lista de Desejos
Comparar

Nesta obra a autora investigou as influências do discurso pedagógico, médico e intelectual na concepção da infância, durante a I República, no RS. Esta infância, não é concepção homogênea, isenta de ambiguidades. Idealista, como foi predominante no período, louvou a inocência e a criação livre do pimpolho, ao mesmo tempo que o obrigou a sentar por longas horas nos duros bancos escolares ou o confinou nos internatos, exigindo rigorosa obediência às regras e ignorando sua individualidade.

Professores e médicos pensaram a higiene, alimentação, sexualidade, instrução. Pensaram a ordem infantil, sobretudo quando se tratava da criança desvalida que trataram de internar nas instituições filantrópicas. Poder público e sociedade uniam-se para corrigir, disciplinar e educar, reafirmando o ideal da família nuclear e da maternidade santificada. A investigação histórica, desenvolvida a partir de sólidos fundamentos teóricos e com rigor metodológico, auxilia na redescoberta da criança, apontando para o positivismo difuso e para as transformações sociais e econômicas que caracterizaram o período borgista no Estado.

Considerando o discurso pedagógico, a autora conclui que os desejos estiveram longe das ações. Quase sempre foram frustradas as expectativas dos adultos, projetadas na criança, futuro do país.

Est Editora © 2019