Etnias de Alfredo Chaves. 1871-1891

Etnias de Alfredo Chaves. 1871-1891
Autor: Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul
Formato: Brochura
Disponibilidade: Em Estoque
ISBN:
Preço: R$ 60,00
Qtd:     - OU -   Lista de Desejos
Comparar

Com o intuito de dispor aos pesquisadores o acesso à informação, coloca-se à disposição, a transcrição do códice SA-70 do fundo: Imigração, Terras e Colonização, que traz a chegada e distribuição de terras na então Colônia Alfredo Chaves, hoje Veranópolis – RS. A colônia criada em 1884 começa sua povoação sistemática a partir de 1885, até seu povoamento geral, em 1891 foi nomeado 9757 habitantes que ao lado dos primeiros habitantes, os caingangues, implantaram uma forma própria de cultura e civilização.

Esta fonte documental traz a relação das diferentes etnias que se instalaram nesta colônia como: italianos, poloneses, alemães, franceses, espanhóis, russos, belgas, austríacos, russos, austríacos... Em cada registro de entrada é possível verificar os seguintes itens: número de ordem, nome dos componentes da família, sexo, idade, estado civil, religião, província de origem, data de entrada na Província, nome da linha na sede da Colônia e outros.

Alguns nomes constantes na relação: Albrecht, August,  Balke,  Bartschack, Bruksch, Butning, Dilis, Dischacz, Dönner, Döpschinshi, Döring, Fiedler, Finger, Frankoski, Gaieski, Gensenty, Godzuniski, Gziboski, Hann, Hohnse, Hucher, Hoinazki, Iwaniski, Jankoski, Jandt, Jurkoski, Kaliski, Kiescel, Kirtof, Klianowitsch, Kops, Kosack, Kowalski, Kaminski, Lawnitaschack, Linke,   Malinski,  Mikoleizaki, Müller, Mutschal, Nitschke,  Pietroski, Rataieski, Strauss, Ulrich, Wagner, Waromter, Woisceroski,  Zalienski,  Zölllmann e outros.

Ano: 2000

Edição: 1ª

Editora: EST Edições

Idioma: Português

Páginas: 328

Papel: Ofício

Est Editora © 2019