Quero falar com meus irmãos. Voglio parlare con i miei fratelli

Quero falar com meus irmãos. Voglio parlare con i miei fratelli
Autor: Frei Pascoal Riwalski
Formato: Brochura
Disponibilidade: Em Estoque
ISBN:
Preço: R$ 20,00
Qtd:     - OU -   Lista de Desejos
Comparar

As atuais Constituições dos Frades Menores Capuchinhos preveem a visita do Ministro Geral da Ordem, no sexênio de seu governo, aos 12.500 religiosos, distribuídos em aproximadamente 100 províncias e vice províncias e cerca de 50 circunscrições missionárias. Na impossibilidade de fazê-lo pessoalmente, Frei Pascoal Rywalski, em alguns casos, atendeu ao desejo das Constituições através dos Definidores.

Mesmo assim tendo em vista especialmente os frades com os quais não se encontrara pessoalmente, Frei Pascoal quis fazer sua voz, seu afeto e o calor de seu grande coração a todos os irmãos, mediante fraterna correspondência. A partir de maio de 1972, uma série preciosa de cartas abertas, mensagens incisivas e oportunas de Frei Rywalski percorreram, cada dois meses, sua Ordem, criando a vinculação íntima de um diálogo ininterrupto de irmão a irmão. Temas fundamentais de renovação da vida religiosa e da Ordem, são tratados no tom coloquial de suas cartas, fugindo à fria racionalização, para ater-se ao confidencial e realista, sempre com otimismo e esperança, próprios de um genuíno sucesso do Poverello de Assis.

A edição italiana com o título “Lettere ai suoi frati”, organizada por Carlo Belli, compreende trinta cartas. A presente tradução brasileira conservou a numeração secundária, duas cartas dirigidas por Frei Pascoal aos Capuchinhos da Província do RS; acrescentou-se mais cinco cartas, posteriores à edição italiana.

Ano: 1977

Edição: 1ª

Editora: EST Edições

Idioma: Português

Páginas: 204

Papel: Ofício

Est Editora © 2019