Travessia. O advento da ponte do Rio das Antas na serra gaúcha

Travessia. O advento da ponte do Rio das Antas na serra gaúcha
Autor: Gilmar Antonio Detogni
Formato: Brochura
Disponibilidade: Em Estoque
ISBN: 9788575170557
Preço: R$ 25,00
Qtd:     - OU -   Lista de Desejos
Comparar

O desabamento da ponte sobre o Rio das Antas ocorreu em 1944 mas, foi somente concretizada com inauguração oficial, no ano de 1952 sendo inaugurada pelo governador do Estado, Ernesto Dornelles, a ponte leva o nome do ex-governador e é conhecida, popularmente como ponte do Rio das Antas. É a terceira do mundo em arcos isolados e a primeira com arcos paralelos. Obra que se tornou monumento símbolo do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem do RS. O referido estudo se propôs descrever o impacto que envolveu a construção da Ponte sobre o Rio das Antas, na Serra Gaúcha no período de 1942 a 1952.

E a importância deste estudo foi na contextualização e a relação com o presente. A construção da ponte entre os municípios de Veranópolis e Bento Gonçalves significou um impacto para toda a região. Foi importante registrar as mudanças ocorridas na comunidade de Veranópolis que a partir desta obra, uma nova etapa de desenvolvimento vital chegou para a Região Nordeste do RS. Esse ousado projeto levou os habitantes da cidade a perceberem as mudanças que ocorreram para atender às necessidades materiais, procurando transpor tradição e modernidade.

O autor pesquisou informações para compor a referida obra, através de relatos orais, a fim de recuperar a história da travessia do Rio das Antas com o sistema de balsas e, depois, com a construção da ponte. Consultou paralelamente também registros jornalísticos, oficiais, periódicos e livros.

Ano: 2008

Edição:

Editora: EST Edições

Idioma: Português

Páginas: 104

Papel: Ofício

Est Editora © 2019