Família Gindri do Brasil. La nostra Stòria

Família Gindri do Brasil. La nostra Stòria
Autor: Narlei Gindri Rigotti
Formato: Brochura
Disponibilidade: Em Estoque
ISBN:
Preço: R$ 62,00
Qtd:     - OU -   Lista de Desejos
Comparar

Este livro tem como objetivo olhar para o passado em busca da origem da família Gindri. Procura entender porque Antônio Gindri, nascido em 1835 após ficar viúvo de sua esposa Cristina Pocchiola, deixa sua terra e sua família na província piemontesa, a noroeste de Turim, na Itália, e vem para a América do Sul com o propósito de buscar melhores dias para seus descendentes.

Naquela época, na região mencionada, a sobrevivência era árdua, pois o solo era montanhoso, a terra era escassa e a família era grande. Somente a ânsia de progredir fez com que Antônio e seus filhos ousassem na busca da terra prometida. Para tanto, inscreveram-se no setor da imigração, à época competente, e no porte de Gênova tomaram o navio Giulio Cesare com destino à República Oriental do Uruguai. Ao chegarem ao destino, foram encaminhados ao departamento de Taquarembó.

Nesse mesmo local, em 1889, formam assentados os membros da família Gioda, também piemonteses. Em 1895, Antônio Gindri emigrou  com a família para o Brasil acompanhado do já genro Antônio Gioda. Aqui foram estabelecidos inicialmente no Barracão destinado ao alojamento dos imigrantes na localidade denominada Toroquá, situada no município de São Francisco de Assis, que fazia parte da Colônia de Jaguari. A seguir  receberam áreas de terra na região de Depósito, hoje Belluno. Por ironia do destino, essa região muito se assemelha à região de origem na Itália, ou seja, montanhosa e predregosa, embora a foloresta que a encobria impedisse, no início, que isso fosse percebido.

Após o falecimento do patriarca, a família foi liderada por Giacomo Costantino Gindri, que passou para a história como Santiago Gindri, atingindo um sucesso jamais igualado nas circunvizinhanças. Como a família é extraordinariamente prolífera, hoje, os descendentes de Antônio Gindri são encontrados em muitas regiões do Brasil e também em outros países.

 

Ano: 2008

Edição: 1ª

Editora: EST Edições

Idioma: Português

Páginas: 232

Papel: Ofício

Est Editora © 2022